Info útil

COMO CHEGAR

No regresso ao Meco, a mobilidade é um dos principais focos da organização

O objetivo centra-se no incentivo à redução do uso do transporte privado, oferecendo alternativas para chegar ao Festival em transporte público.


Comboios Fertagus + shuttles TST

Considerando o trânsito, sempre intenso no verão pela afluência às praias, agravado este ano pelas obras previstas na Ponte Vasco da Gama, a aposta na 26ª edição vai para o uso do comboio, a solução mais rápida, económica – gratuita para os portadores do passe Navegante –, e energeticamente mais eficiente e sustentável para todos os que se dirijam ao Festival desde Lisboa e norte do Tejo.


Assim, em parceria com a Fertagus, os Transportes Sul do Tejo (TST) e a Câmara Municipal de Sesimbra, o acesso ao Festival será assegurado pela travessia nos comboios da Fertagus desde Lisboa – estações de Roma-Areeiro, Entrecampos, Sete Rios, Campolide – até à estação de Coina, com duração de cerca de 30 minutos. O percurso da estação de Coina até ao Festival será assegurado pelos autocarros TST.

Para o regresso, o percurso será o inverso.


Todos os horários serão divulgados muito em breve.




TVDE

Será criado um ponto de recolha no Festival, para facilitar o encontro dos utilizadores com os motoristas e evitar embaraços de trânsito.

Estas plataformas poderão também ser utilizadas para ir e voltar à Estação de Coina, para quem utilizar os comboios da Fertagus.


Ala Viagens – autocarros para quem se desloca de fora de Lisboa

Para quem se desloca para o Festival de fora de Lisboa, a Ala Viagens oferece viagem de autocarro, ida e volta, a partir de 25€ por pessoa.

 

Toda a informação sobre este serviços e respetivas condições na Área de Bilhetes / Alojamento e Serviços deste site.



De carro

O estacionamento do Festival vai ser otimizado, nomeadamente na sinalização, iluminação e equipas para auxílio na entrada e saída do estacionamento.


A GNR recomenda, em primeiro lugar, a deslocação através das alternativas ao uso de carro próprio. O estacionamento fora das zonas autorizadas é totalmente desaconselhado e será fortemente desincentivado.

Para a boa gestão do fluxo de tráfego nos acessos ao Festival, haverá condicionamento da circulação na estrada de acesso ao recinto – ligação entre a Rotunda do Marco do Grilo e Alfarim – em função do fluxo do tráfego. Informação sobre sentidos de trânsito e respetivos horários a ser dada oportunamente, em função do fluxo do tráfego.
 

Informação sobre sentidos de trânsito e respetivos horários a ser dada oportunamente, em função do planeamento das autoridades competentes.


Image