sbsr
Stormzy
Super Bock Stage

00

--

On July 18th, 19th and 20th, Super Bock Super Rock returns to the dreamy landscapes of Meco, the new, yet familiar meeting point for thousands of music lovers...

Image

Prémios, nomeações, milhares de discos vendidos, recordes batidos na internet e uma crítica a seus pés fazem de Stormzy um dos homens do momento. Com origem ganesa, Michael Omari (o nome verdadeiro do rapper), começou a cantar bem cedo e na escola era capaz do melhor e do pior: às vezes era expulso das aulas, outras vezes tirava nota máxima. Eis, então, duas das características que acabam por marcar o artista de hoje: uma irreverência capaz de deixar alguns à beira de um ataque de nervos (veja-se a mais recente polémica com Theresa May, primeira-ministra britânica), mas também uma ética de trabalho que o leva a conseguir tanto em tão pouco tempo (faz apenas 25 anos em julho).
Influenciado por nomes como Drake ou Kanye West, quando corria o ano de 2013, Stormzy começou a fazer o upload da sua série de freestyles, "Wicked Skengman", disparando as suas palavras mais afiadas sobre batidas clássicas de grime. E em 2014 faz a sua estreia com o EP Dreamers Disease. Um ano depois chegam o singles "Know Me From" e "Shut Up", duas provas do enorme talento de Stormzy. Além da música, o rapper também se destaca por criar as
próprias regras e quase não depender de ninguém para fazer chegar sua música. Ganhou um prémio da Associação de Música Independente e nas palavras da BBC "nenhum outro artista aperfeiçoou tanto o modelo do mercado da música atual..."

Em 2017 editou "Gang Signs & Prayer", um sucesso imediato, ao ponto de conseguir colocar todas as músicas no top 50 do Spotify - um feito inédito até então. Tudo é pensado ao pormenor nas 16 faixas deste registo de estreia de Stormzy, cada palavra e cada beat não está ali por acaso, mas faz parte de um conceito artístico totalmente idealizado por Stormzy (a capa, por exemplo, é uma interpretação da "Santa Ceia" de Leonardo da Vinci). Temas como "Big for Your Boots", "Cigarettes & Cush" e "Don’t Cry for Me" não deixam qualquer dúvida relativamente à capacidade do rapper. E, entretanto, à boleia deste disco, mais dois prémios: Brit Awards 2018 na categoria de melhor artista britânico e melhor disco britânico. E o ano só pode continuar a correr de feição para Stormzy com a vinda a Portugal aquando da próxima edição do Super Bock Super Rock. É para marcar na agenda: dia 21 de julho, no Palco Super Bock.

Image