Sevdaliza
21
jul
20:40
Palco EDP
Image
voltar

Com ecos de diferentes músicas e pronúncias, a voz de Sevdaliza só poderia ser deste tempo. Nasceu no Irão, mas a Holanda acabou ser o destino dos pais, refugados políticos, quando Sevdaliza tinha apenas 5 anos. É verdade que chegou a ser basquetebolista de alta competição, mas a música falou mais alto. Do desporto talvez tenha ficado a ética de trabalho.

Sevda (é assim que todos a tratam) é obsessiva com a sua arte, controlando todos os processos da música que produz. O resultado é uma eletrónica capaz de emocionar, próxima do trip-hop de bandas como os Portishead ou os Massive Attack, mas sem deixar de lado as influências de géneros como o grime ou o dubstep.

Depois dos EPs “The Suspended” ou “Children of Silk”, ambos editados em 2015, o primeiro longa duração chegou em abril deste ano. “Ison” confirma Sevda como uma das vozes mais interessantes da atualidade. Ao vivo, não há expectativas frustradas: a cantora iraniana-holandesa continua a diluir as suas sombras na beleza da sua voz.

Ao continuar a navegar está a concordar com a utilização de cookies neste site. Para não autorizar a sua utilização, por favor utilize as opções do seu browser e altere as definições de cookies. Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade e a nossa Política de Cookies.

Concordo