sbsr
Galgo
Guimarães
19
jul

A 18, 19 e 20 de julho, o Super Bock Super Rock regressa ao cenário idílico junto à praia do Meco, o novo, mas já familiar ponto de encontro para milhares de amantes de Música..

Image
06

abr

  •  

Guimarães

  •  

Oub'Lá
18

mai

  •  

Aveiro

  •  

GrETUA
26

abr

  •  

Viana do Castelo

  •  

Cave Avenida
04

mai

  •  

Famalicão

  •  

Cru
01

jun

  •  

Lisboa

  •  

Sabotage

Um dos projeto mais interessantes no que ao rock português diz respeito, os Galgo são quatro: Miguel Figueiredo (guitarrista), Alexandre Moniz (guitarrista), João Figueiras (baixista) e Joana Baptista (baterista). Como tantas vezes acontece nestas coisas da música, os membros da banda conheceram-se ainda no liceu, onde partilharam discos e as primeiras descobertas musicais. Num primeiro momento influenciados por nomes como os Arctic Monkyes ou The Strokes, os Galgo estrearam-se em 2015 com o lançamento do EP5. Ganharam um prémio atribuído pela APORFEST Associação Portuguesa de Festivais de Música, o que lhe permitiu uma presença no Sziget Festival, um festival de música realizado na Hungria. Essa experiência marcou-os profundamente e contribuiu para o crescimento da banda. Em 2016 editaram o disco de estreia, “Pensar faz emagrecer”. Notavam-se as influências do pós-rock, um toque de afrobeat e as influências de bandas como os portugueses PAUS ou os norte-americanos Battles. Mas também se notava uma linguagem própria, uma linguagem Galgo. E isso fica ainda mais evidente em “Quebra Nuvens”, o disco editado em 2018. E o título parece uma descrição daquilo que podemos ouvir no disco: duro, às vezes tribal, mas também um tanto atmosférico em outros momentos, sempre na medida certa. Temas como “Banho Quente” e “Tira-teimas” são marcas do talento dos Galgo, um talento para ficar a conhecer melhor dia 18, no Palco LG.

Image